sexta-feira, 27 de abril de 2012

Repulsa contra moralismo

   Porra!
   Cagaram na merda da minha boca!
   Tá suja, agora! Não tenho culpa!
 
  Eduardo M.P. Félix

quinta-feira, 26 de abril de 2012

   Eu
   sei
   sonho
   sensato
   sozinho
   sim
 
(editado dos meus pés)

  Eduardo M. P. Félix

sábado, 14 de abril de 2012

  Ficar pensando se nós temos algum propósito é rebaixar-nos a um objeto funcional, sinceramente; eu prefiro ser superior a uma tecnologia qualquer. Até agora não se comprovou a existência ser para algo, mas o desenho de uma máquina é, sim. Acho muito mais bonito simplesmente viver sem que isso deva estar baseado em nada que me foi predisposto. - Rá! Como se beleza fosse argumento.
  Eu só sei que, sem motivos prévios para a vida, não se limita a um só.

terça-feira, 10 de abril de 2012

 Eu gosto de criar sentimentos, para satisfazer os de quem vê as minhas palavras. O problema é saber quais os que não existem. Não é fácil, razão pela qual é o vitorioso nisso bom merecedor à eternidade. Devo procurar sentir um desses, sem que ninguém o tenha percebido em todo o tempo da História.